Di Cavalcanti, Di Glauber (1977)


Quando o pintor brasileiro Emiliano Di Cavalcanti morreu, Glauber Rocha foi ao funeral com uma câmera na mão e uma (idéia?) discutível na cabeça. Glauber filmou o enterro, o corpo no caixão, enquanto a família de Di, aos berros, pedia para ele ir embora. Ao fundo, tocava o samba-funk ''Umbabarauma, Homem Gol'', na voz de Jorge Ben Jor. Este curta também é conhecido com o título ''Ninguém Assistirá ao Formidável Enterro de Sua Última Quimera; Somente a Ingratidão, Essa Pantera, Foi Sua Companheira Inseparável''. Premiado no festival de Cannes, mais tarde o filme foi proibido pela justiça brasileira, a pedido dos familiares de Di, alegando que Glauber desrespeitou o funeral e transformou aquele momento sagrado num carnaval. 


Duração: 15 minutos
Direção: Glauber Rocha
.
Deixe seu comentário!!

0 comentários (deixe o seu!).