Um Poema de Paulo Leminski

Ai daqueles

Que se amaram sem nenhuma briga

Aqueles que deixaram

Que a mágoa nova

Virasse a chaga antiga

Ai daqueles que se amaram

Sem saber que amar é pão feito em casa

E que a pedra só não voa

Porque não quer

Não porque não tem asa.

Deixe seu comentário!!

0 comentários (deixe o seu!).