Manhâ Cinzenta (1969)


Um golpe de estado num país imaginário da America Latina. O poder. A repressão. O filme que levou seu realizador aos porões da ditadura.

"Manhã cinzenta é o grande filmexplosão de 1968 e supera incontestavelmente os delírios pequeno-burgueses dos histéricos udigrudistas. Montagem caleidoscópia, desintegra signos da luta contra o sistema - panfleto bárbaro e sofisticado, revolucionário a ponto de provocar prisão, tortura e iniciativa mortal no corpo de Artysta. O Cinema Nordestino, Cinema Pupular metaforizado em Olney e Miguel Torres, vítimas dos invasores - Heroys do Brazyl!"
Glauber Rocha.


Elenco: 

Janet Chermont
Maria Helena Saldanha
Sonélio Costa

Duração: 22 minutos
Direção: Olney São Paulo

Deixe seu comentário!!

0 comentários (deixe o seu!).